Entrevista no JC – Norma Lopes Gonçalves – Presidente da ARAPS

No último domingo 28/11/2021, a presidente da ARAPS, Norma Lopes Gonçalves, foi entrevistada pelo Jornal Cidade de Rio Claro. Na entrevista Norma contou um pouco da sua história e sobre os projetos para o futuro da ARAPS.

Reproduzimos na íntegra a entrevista abaixo:

Nascida em Avaré (SP), Norma Lopes Gonçalves, presidente da ARAPS, morou lá até completar o curso superior, que fez dela professora. No início de 1960, sua família se mudou para São Paulo. Em 05/02/1960 começou a trabalhar nano SINDIMAQ (Sindicato Nacional da Indústria de Máquinas), onde permaneceu até a aposentadoria, em 31/08/1991, após 31 anos e meio de serviços prestados. Norma sempre teve espírito associativo e, assim, quando se mudou para Rio Claro, cidade que fez questão de escolher a dedo onde ia viver, descobriu a ARAPS – Associação dos Aposentados. Praticamente deu continuidade ao seu trabalho. “Só que o Sindicato defendia os interesses dos patrões, isto é, das indústrias e, na ARAPS, defendemos os trabalhadores aposentados, salientou ela.

Norma se associou à ARAPS em 1994. Dois anos depois, foi convidada e assumiu o cargo de vice-diretora secretária. Em 1998, sempre por meio de eleição, assumiu a vice-secretaria e, em 2000, assumiu como presidente. “Gosto muito e me dedico com satisfação ao trabalho de ajudar os aposentados”, finalizou. A ARAPS completou, na última quinta-feira (25), 38 anos de existência.

JC: Quais desafios encontra no seu dia a dia?

Embora todo esforço para divulgar o nosso trabalho, a maioria desconhece a importância da união para fortalecer essa categoria.

JC: O que espera do mercado para os próximos meses?

Esperamos que a economia se recupere rápido. Um dos mais importante serviços prestados pela ARAPS e o plano funerário (enquanto na ativa e, portanto, mais jovem e mais saudável, o trabalhador tem um Plano de Saúde e depois de aposentado, já idoso e, consequentemente, com problemas de saúde) a legislação (RN 195) impede a entrada de novos usuários, e os que já estão, alguns com mais de 20 anos, tendo em vista a dificuldade em que o país se encontra (e felizmente já está saindo), o trabalhador não pode manter seu plano, num momento em que mais precisa dele.

RAIO-X DE NORMA LOPES:

Aniversário: 03/09/1938
Relacionamento: Solteira
Filhos: não
Nome dos pais: João Corrêa Gonçalves e Albertina Lopes Gonçalves
Trabalho: inicialmente recepcionista e chefe de seção do SINDIMAQ
Um sonho: Construir um residencial para acolhimento de aposentados, temporário ou não (com condições normais de saúde)
Inspiração para o trabalho: Ajudar
Um bom líder é: dedicado
Brasil: País maravilhoso, com mil riquezas em cima e embaixo do solo. Só precisa de homens honestos e patriotas para chegar lá e deixar de seu um país do futuro. Mãe gentil que não é respeitada por seus filhos.
Na pandemia: Mantendo os cuidados necessários permanecemos nos nossos postos (e muitos precisaram)
Bom papo: São muitos
Marcante: O secretário executivo e responsável pel SINDIMAQ/ABIMAQ
Inteligente: Conheci muitos no meu dia a dia na ARAPS
Nota dez: Funcionárias do Plano de Saúde (Santa Casa)
Insubstituível: Ninguém
Corajoso: Nosso presidente
Bondoso: Povo brasileiro
Leal: Ex-funcionários (boys) do SINDIMAQ que ficaram anos sob meu comando, alguns, hoje são avós.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: